Visitantes



Curta nossa página, faça parte do Grupo GaToFaCe e seja nosso modelo do mês ATREVIDOboys.

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Trepei dentro do ônibus com um tarado.

Trepei dentro do ônibus com um tarado.
Enviada por Artur em 25/03/2012

Era tarde da noite já... Muitos trabalhadores vindo cansados do serviço, outros da gandaia e outros do passeio. Eu estava na casa de um parente, peguei esse ônibus pela qual estava lotado, credo nunca vi ônibus tão lotado, entrei e fui rumo lá pro fundo onde quase todos dormiam, encostei em um lugar e coloquei a cabeça pra fora na janela e ali fiquei. Neste dia eu tinha ido pro clube e como tava muito quente eu estava com uma camiseta e o short só. No caminho da viajem vem um cara lá da frente que não tirava os olhos de mim, passou apertado por todos, eu pensei que era até ladrão, ele chegou e se aconchegou logo atrás de mim e assim continuamos na nossa demorada viajem, a viajem era umas 2Hs, pois a cidade ficava longe. Quando eu quase dormia na janela, fui apertado contra ela pelo cara, eu olhei pra ele, e ele logo pediu desculpas, explicando que o ônibus estava lotado, eu deixei e continuei a viajem, mas agora tinha algo atrás de mim, me dando cutucadas, quando notei era o cacete do cara. Ele era forte, quase dois de mim e o pau dele dava direitinho na minha bunda, que situação mais gostosa, ele me apertava e quando eu menos esperava, ele chegou com a boca no meu ouvido e falou baixinho: _ Essa sua bundinha tá me deixando louco!!! Eu fechei a cara meio sem graça, ele no seu entender deve ter achado que era sinal verde porque não me afastei. Sentir algo quente e duro entrando dentro do meu short, ufa, quando notei era seu cacete, comecei a tremer e deixei ele agir, ele ficou alisando o cacete em mim despistadamente dentro do ônibus, ele abaixou uma mão e segurou minha cintura, nossos corpos estavam colados como de quase todos do ônibus, mas o nosso tinha algo a mais. Ele abaixou a mão e ficou acariciando minha bunda, e colocou o short pro lado levantando um pouquinho, e enfiou o dedo no meu cuzinho, hummm... eu soltei gemidinhos , sorte que tava com a cabeça pra fora do ônibus e acho que só o motorista via minha cara de satisfação pelo retrovisor. Ele ficou enfiando o dedinho dentro do meu cuzinho me enlouquecendo de montão, ai ele tirou, e um lugar no fundo foi liberado e ele sentou.....fiquei triste....quando já tinha quase uma hora e meia de viagem só tinha eu sentado no fundo do ônibus  e ele na outra ponta, também no fundo.  Ele se aproximou, estávamos sozinhos agora...além do motorista que também fazia o trabalho de cobrador. Ele se aproximou e fiquei imaginando o que vinha, ele colocou o pau para fora e eu abaixei o shorts e sentei em cima dele bem no fundo do ônibus.
Ele colocou o pau bem na direção do meu cuzinho, sentir aquela cabecinha na entrada, me apoiei com as duas mãos no banco da frente e empinei a bundinha um pouco mais pra trás, ele foi enfiando aos pouquinhos e me encoxando gostoso no final do ônibus, hummm... sentia aquele cacete me penetrando, me fazendo um macho safado... me possuindo era tão bom, eu gemia baixinho ele aproveitava a estrada de pedra e me levando a loucura e as vezes a grande dor, mas era gostoso e ele fodia gostoso... eu tava adorando, não estava nas minhas condições de CD no momento mas atrai aquele macho gostoso. Ele me chamou pra descer com ele, mas eu vi aquele mato todo e como não conhecia recusei. Ele fodia gostoso e como eu tava tão excitada ele aproveitou... Vamos descer eu vou dar um trato gostoso em você lá fora, você vai me chupar, e eu vou lamber esse cuzinho seu, vamos??!! Como eu tava excitada aceitei, paramos o ônibus e descemos tarde da noite naquele matagal, o próximo ônibus vinha á duas horas novamente, entramos no mato onde tinha tipo um campo com bastante espaço ele tirou da sacola umas roupas eu tirei a toalha que tinha usado no clube e coloquei no chão, ele falou que tinha feito compras pra mulher dele e que queria que eu vestisse aquela roupa, era quatro tipos de calcinhas, eu escolhi uma de rendinha preta fio dental e o vestidinho. Fiquei linda, ele me abraçou, me beijou, me deitou no chão e começou a puxar minhas roupas ignorantemente, rasgando o vestido aos poucos, puxou minha calcinha, me virou de quatro e fodeu meu cuzinho com a língua... hummm...eu gritava naquele mato de tesão... AAAAAI...Delicia essa língua no meu cuzinho, fode ele...aaaai...
 Ele havia transformado, mim mandou virar e chupar o pau dele, eu virei e chupei aquele cacete que tava duro feito pedra, quando ele quase gozava me virou de quatro e enfiou de uma vez o pau no meu cuzinho...Eu gritei... ele me xingava... Sua puta...vou foder seu Cu todo... vou te abrir... Sua bichinha...você gosta de pau né?! Então tomaaa!!! AAAAAiiiii.... eu gritava na hora...dói muito...aaii... fode, me come... e ali ficamos por meia hora fodendo...até que quando estávamos de pé trepando... eu encostado na árvore ele gritou que ia gozar e gozou...eu gozei com o momento gostoso...virei rápido e chupei o cacete dele gozado... ele tava louco... e deitou comigo na toalha... e nem me deixou trocar de roupa...fiquei vestido de mulherzinha dele, toda rasgada... Quando acordei tinha um homem num cavalo mim olhando no chão, era de manhã, e o safado do cara tinha me deixado dormir lá e pra piorar tinha levado minha roupa, fiquei sem graça e abaixei o rosto e chorei, o homem do cavalo disse, sobe aqui, eu moro aqui perto eu vou te dar umas roupas novas. Subi no cavalo e no caminho ele disse, mas você vai ter que me dar fazer um agrado... Vocês já imaginam o que é??!!!...
Gostou desse conto? Envie o seu para
atrevidoboys@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sejam bem vindos e de sua opinião.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AS POSTAGENS MAIS VISTAS!!